Skip Navigation Links
Início
Contactos
Skip Navigation LinksInicio > Concelho > Cultura > Casa Municipal da Cultura > História do Edifício  
História do Edifício 
Situada no Largo Cândido Reis, a Casa Municipal da Cultura é a mais importante casa nobre de Cantanhede. 

Mandada construir pelo Capitão-Mor de Cantanhede (e anteriormente Capitão-Mor de Recardães, Superintendente das coudelarias da comarca da cidade de Coimbra e Cavaleiro Ordem Cristo, D. João Henriques de Castro, em finais do século XVIII, mantém, na esquina, o brasão de armas Castro e Henriques (exactamente os apelidos do proprietário do palácio).

O edifício, que apresenta ornamentos apurados de cantaria, reflecte o culto desta região pelo calcário, sendo uma das principais referências histórico – culturais do concelho.

Entendida como um espaço nobre do concelho, a Casa Municipal da Cultura exerce funções educativas e culturais, e recebe regularmente exposições de pintura, escultura, arte sacra e fotografia, proporcionando a todos os munícipes a possibilidade de se relacionarem com as diferentes propostas estéticas de alguns dos mais significativos nomes nacionais e internacionais no domínio das Artes Plásticas.

A Casa Municipal da Cultura promove igualmente colóquios, conferências, saraus culturais, e assume a responsabilidade da inventariação e estudo do património histórico concelhio. 

Município

Concelho

Turismo

Notícias
 
Agenda
 
Entidades
 
Documentação
 
Contactos
 

Serviços Online