Centro de Interpretação de Arte Xávega (CIAX)

Município de Cantanhede

O Centro de Interpretação de Arte-Xávega é um espaço de cariz cultural, educativo e turístico que pretende fomentar a compreensão das dimensões histórica, sociocultural e etnográfica de uma atividade piscatória tradicional bem representativa da Praia da Tocha.

A Arte Xávega representa uma manifestação de património cultural imaterial praticada há largas dezenas de anos na Praia da Tocha, reconhecidamente identitária do concelho de Cantanhede.

É para evidenciar essa dimensão que o Centro de Interpretação apresenta vários textos, filmes, fotografias e espólio que documentam esta atividade secular, onde se abordam aspetos diversos: o que é a Arte Xávega, a sua origem, descrição das embarcações e redes usadas na pesca, relato da faina na Arte Xávega, caracterização dos Palheiros (habitação ocasional ou temporária dos pescadores que se dedicavam à arte xávega), bem como aspetos ligados às condicionantes e limitações com que se debate este tipo de pesca tradicional e questões relacionadas com o seu futuro.

A visita guiada ao Centro de Interpretação poderá contar com a presença de um artesão de fabrico de miniaturas de barcos e palheiros (casas tradicionais da Praia da Tocha), bastando para isso contactar o Posto de Turismo de Cantanhede com uma antecedência mínima de 3 dias.


Morada:
Rua Doutor Silva Pereira
3060-692 TOCHA

GPS: 40.3292227, -8.843698

E-mail: turismo@cm-cantanhede.pt

Visita ao Museu: gratuita.
Requer marcação prévia.

Conteúdo atualizado a 18.08.2020